0

Motorista atropela 2 ao se irritar com bloqueio da av. Paulista

Jovens bloqueavam via quando carro avançou sobre o grupo que protestava contra aumento da tarifa de ônibus

12 jun 2013
02h00
atualizado às 02h07
  • separator
  • comentários

Dois jovens - um homem e uma mulher - foram atropelados, na noite dessa terça-feira, por um motorista que se irritou com o protesto contra o aumento da tarifa do ônibus em São Paulo. O atropelamento ocorreu por volta das 22h, quando um grupo de cerca de 100 manifestantes bloqueva a avenida Paulista, no sentido centro, na altura da rua Bela Cintra. Irritado com o bloqueio, o motorista que dirigia um Fiat Uno deu a ré na pista e, em seguida, acelerou o veículo sobre os manifestantes.

Os dois estudantes atropelados não se feriram com gravidade e foram socorridos por outros manifestantes. O motorista do carro fugiu: parte dos manifestantes tentou alcança-lo, mas não conseguiu. Eles informaram à Polícia Militar o número da placa do veículo.

A manifestação começou por volta das 17h, na praça do Ciclista, na avenida Paulista, e percorreu ruas importantes de São Paulo, entre elas a rua da Consolação, a Ligação Leste-Oeste, a avenida Liberdade e a avenida Brigadeiro Luis Antonio. A PM estima que cerca de 3 mil pessoas participaram do protesto, mas os organizadores apontam mais de 5 mil manifestantes. A passeata, que começou pacífica, terminou em confronto entre manifestantes e policiais militares, além de atos de vandalismo contra várias agências bancárias e ônibus municipais - um ônibus foi incendiado, mas ninguém se feriu. A PM chegou a impedir que jornalistas acompanhassem a manifestação, após o primeiro confronto ocorrer no terminal Parque Dom Pedro, no centro.

Este foi o terceiro protesto realizado em menos de uma semana contra o aumento da tarifa do ônibus, que subiu de R$ 3 para R$ 3,20, na capital paulista. Ao menos 20 pessoas foram detidas durante a manifestação e três policiais militares foram feridos a pedradas. A PM, entretanto, não soube informar o número de manifestantes feridos, mas vários jovens foram atingidos por balas de borracha e cassetetes.

Integrantes do Movimento Passe Livre, que organiza o ato, convocaram a população para um novo protesto para a próxima quinta-feira (13), às 17h. Nesta quarta-feira à tarde, o grupo deve se reunir com representantes da Prefeitura de São Paulo para discutir o impasse.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-metro-onibus-sp/iframe.htm" data-cke-210-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-metro-onibus-sp/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade