5 eventos ao vivo

SP: manifestantes invadem prédio do Metrô em ato contra desapropriação

15 jul 2013
13h54
atualizado às 13h59
  • separator
  • 0
  • comentários

Cerca de 30 pessoas invadiram o prédio administrativo do Metrô por volta das 10h desta segunda-feira, na rua Augustas, região central de São Paulo. A reivindicação dos manifestantes é contra a desapropriação das famílias na chamada favela do Buraco Quente, na zona sul da capital paulista, para a construção da Linha 17-Ouro.

Manifestantes ocuparam o prédio na região central de São Paulo
Manifestantes ocuparam o prédio na região central de São Paulo
Foto: J. Duran Machfee / Futura Press

Os manifestantes só deixaram o saguão do prédio por volta das 12h45, após negociação com a empresa, que prometeu começar a atender todas as famílias a partir da próxima semana. Segundo a administração do Metrô, uma reunião com membros da diretoria será feita ainda nesta semana para agilizar o processo.

Milene Souza, 23 anos, morou no local por 22 anos e é filha de uma das moradoras da comunidade. Segundo ela, o valor oferecido às famílias é muito baixo. "Sair de uma favela para entrar em outra ninguém quer. Se estamos tendo a oportunidade de sair vamos mudar para o melhor", disse.

Milene afirmou ainda que os manifestantes buscam apenas uma resposta. "Só queremos algo digno para morar. Estamos há quase dois anos fazendo milhares de reuniões, só queremos o melhor para nós".

Ela explicou que já houve reunião com o Ministério Público, mas até agora nada foi resolvido. Dois policiais permaneceram no local apenas para observar a situação, mas não houve intervenção. Os manifestantes entraram no prédio munidos de cartazes e faixas e gritavam pedindo moradia popular.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade