0

Morador de rua morre e cão permanece ao lado do corpo em SP

Homem morreu na madrugada desta quarta-feira sob um viaduto no centro da capital paulista

29 abr 2015
08h49
atualizado às 08h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma cena comoveu moradores da região central de São Paulo na madrugada desta quarta-feira. Um morador de rua de 65 anos que vivia sob o viaduto Doutor Plínio de Queiroz, na avenida Nove de Julho, na Bela Vista, morreu de causas naturais e foi “velado” pelo seu cão, um vira-lata que não abandonou o corpo do dono por nenhum minuto.

Cachorro permaneceu ao lado do corpo do dono, que era morador de rua na região central de São Paulo
Cachorro permaneceu ao lado do corpo do dono, que era morador de rua na região central de São Paulo
Foto: Edu Silva / Futura Press

Siga o Terra Notícias no Twitter

O morador de rua era conhecido apenas como Mauro e morava há cerca de 11 anos no local segundo vizinhos e tinha sempre a companhia do cachorro Faísca. O cão só saiu do lado corpo com a chegada do Instituto Médico Legal (IML). Segundo informações, uma moradora que conhecia Mauro se prontificou a tomar conta do cachorro.

Cão acompanha a retirada do corpo por homens do IML
Cão acompanha a retirada do corpo por homens do IML
Foto: Edu Silva / Futura Press

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade