6 eventos ao vivo

MG tem 21 cidades em emergência; chuva bate recorde em BH

20 dez 2011
11h47
atualizado às 13h03
  • separator
Ney Rubens
Direto de Minas Gerais

Subiu para 21 o número de cidades que decretaram situação de emergência em Minas Gerais por conta das chuvas que atingem o Estado em dezembro. Nesta terça-feira, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) oficializou o decreto de emergência nos municípios de Itumirim, no sul de Minas Gerais, e Jacinto, no Vale do Jequitinhonha. Em Belo Horizonte, este mês já é o dezembro mais chuvoso da história.

Itumirim sofre com os efeitos de uma enchente ocorrida no último dia 12, enquanto Jacinto foi atingida por um vendaval no dia 5 de dezembro. Além dos 21 municípios em emergência, outros 49 comunicaram à Cedec) problemas decorrentes do excesso de chuva. O órgão contabiliza até esta terça-feira 22.826 pessoas afetadas pelos temporais, das quais 783 ficaram desalojadas - abrigadas nas casas de amigos e familiares - e 93 desabrigadas - levadas a abrigos públicos.

Segundo Cléber Souza, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), este mês de dezembro já é considerado o mais chuvoso da história de Belo Horizonte, com 606 mm. Até este ano, o recorde de chuva aconteceu em dezembro de 2008, quando o volume, nos 31 dias do mês na capital, chegou a 601,3 mm.

Balanço divulgado no final desta manhã pelo Corpo de Bombeiros registra 159 desalojados no município de Acaiaca e, em Barra Longa, 85 desalojados. Em Ouro Preto a Defesa Civil afirma ter 27 famílias desalojadas e 47 desabrigadas. Já em Mariana, seriam 230 pessoas desalojadas e 113 desabrigadas.

Com solo encharcado pela chuva, barranco desabou sobre operários em obra em Belo Horizonte
Com solo encharcado pela chuva, barranco desabou sobre operários em obra em Belo Horizonte
Foto: Ney Rubens / Especial para Terra

Veja também:

De olho na nova geração - Dudu Barrichello
Fonte: Especial para Terra
publicidade