0

Homem vai viver com dois corações após transplante em SP

5 mar 2009
13h37
  • separator

Um homem que passou por um transplante vai permanecer com dois corações após a cirurgia, realizada no Instituto do Coração (Incor), em São Paulo. Ele recebeu o coração doado de um jovem de 26 anos que morreu em um acidente de moto em Sorocaba, no interior de São Paulo. As informações são do Jornal Hoje.

O paciente de 53 anos sofria de duas doenças graves: a miocardiopatia dilatada, que é quando o músculo do coração aumenta de tamanho e perde a força para bombear o sangue, e a hipertensão pulmonar.

Por isso, os médicos optaram por deixar o coração antigo, que ficou responsável por conter a alta pressão de sangue nos pulmões. O novo órgão ficou com a função de bombear o sangue para o resto do corpo.

Os dois órgãos, que ficam ligados por um tubo, funcionarão de forma simultânea até que o coração transplantado assuma todas as funções. Só então os médicos poderão optar pela retirada do antigo órgão.

Veja também:

Em 'live' com alvos de ação do STF, Eduardo Bolsonaro cita 'momento de ruptura'
Fonte: Terra
publicidade