PUBLICIDADE

Florianópolis lidera lista de capitais com maior IDHM; veja as melhores

29 jul 2013 - 17h30
(atualizado em 30/7/2013 às 00h19)
Ver comentários
Publicidade

Com Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de 0,847, Florianópolis é a capital brasileira com maior avaliação, de acordo com a metodologia usada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), no estudo Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013, divulgado nesta segunda-feira. 

A capital de Santa Catarina é seguida da do Espírito Santo, Vitória, que, com índice de 0,845, ocupa a segunda posição. Na sequência estão Brasília (0,824), Curitiba (0,823) e Belo Horizonte (0,810), as cinco com maior IDHM do País. 

Maior cidade e mais rica do País, São Paulo (0,805) ocupa apenas a sétima posição, atrás ainda de Porto Alegre.  

Apenas sete capitais tem índice muito alto
Das 27 capitais brasileiras, sete, cerca de 25%, possuem nível considerado muito alto de desenvolvimento humano. As demais possuem avaliação considerada alta. 

Maceió tem o pior índice do País
Capital do Estado com menor avaliação do IDHM, Alagoas, Maceió é a cidade sede administrativa com menor IDHM do País. De acordo com o estudo, o município possui índice de 0,721, próximo ao limite mínimo de 0,700 que separa a avaliação de alta (0,700 - 0,799) para média (0,600 - 0,699). 

Veja as capitais com maior IDHM no Brasil
Posição no ranking Cidade IDHM
Florianópolis (SC) 0,847
Vitória (ES) 0,845
Brasília (DF) 0,824
Curitiba (PR) 0,823
Belo Horizonte (MG) 0,810
Porto Alegre (RS) 0,805
São Paulo (SP) 0,805
Goiânia (GO) 0,799
Rio de Janeiro (RJ) 0,799
10º Cuiabá (MT) 0,785
11º Campo Grande (MS) 0,784
12º Recife (PE) 0,772
13º Aracaju (SE) 0,770
14º São Luís (MA) 0,768
15º João Pessoa (PB) 0,763
15º Natal (RN) 0,763
17º Salvador (BA) 0,759
18º Fortaleza (CE) 0,754
19º Boa Vista (RR) 0,752
20º Teresina (PI) 0,751
21º Belém (PA) 0,746
22º Manaus (AM) 0,737
23º Porto Velho (RO) 0,736
24º Macapá (AP) 0,733
25º Rio Branco (AC) 0,727
26º Maceió (AL) 0,721

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade