0

Em nota, Anistia Internacional condena 'repressão' em SP e Rio

13 jun 2013
19h58
atualizado às 22h43
  • separator
  • comentários

A Anistia Internacional divulgou nota na noite desta quinta-feira sobre os protestos contra o aumento das tarifas de ônibus em São Paulo e no Rio de Janeiro. Segundo a entidade, a ação da polícia mostra "radicalização da repressão" e o transporte público acessível é de "fundamental importância

Confira, na íntegra, a nota:
A Anistia Internacional vê com preocupação o aumento da violência na repressão aos protestos contra o aumento das passagens de ônibus no Rio de Janeiro e em São Paulo. Também é preocupante o discurso das autoridades sinalizando uma radicalização da repressão e a prisão de jornalistas e manifestantes, em alguns casos enquadrados no crime de formação de quadrilha.

O transporte público acessível é de fundamental importância para que a população possa exercer seu direito de ir e vir, tão importante quanto os demais direitos como educação, saúde, moradia, de expressão, entre outros.

É fundamental que o direito à manifestação e a realização de protestos pacíficos seja assegurado. A Anistia Internacional é contra a depredação do patrimônio púbico e atos violentos de ambos os lados e considera urgente o estabelecimento de um canal de diálogo entre governo e manifestantes para que se encontre uma solução pacífica para o impasse.

SP: grupo protesta contra aumento no transporte; veja as fotos

Manifestantes fazem novo protesto contra reajuste do ônibus no RJ

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-metro-onibus-sp/iframe.htm" data-cke-670-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-metro-onibus-sp/iframe.htm">veja o infográfico</a>

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade