0

Em 7 anos, homicídios no Nordeste aumentaram quase 70%

Apenas a Bahia fugiu da tendência regional, apresentando queda de 5,4%

13 jun 2013
15h36
atualizado às 15h37
  • separator
  • comentários

Dados estatísticos do Ministério da Saúde mostram que, em sete anos, o número de assassinatos na região Nordeste do País aumentou 68%. Se em 2004 a região teve 11.546 homicídios, em 2011, após sete anos de aumento contínuo da violência, esse número passou para 19.405. O crescimento do indicador entre 2010 e 2011 foi 2,8%. Os números levantados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) do ministério mostram ainda que, em 2011, oito dos nove Estados da região tiveram aumento no número de homicídios, enquanto o total no País caiu, ainda que somente em 0,12%. Apenas a Bahia fugiu da tendência regional, apresentando queda de 5,4%.

Mapa da violência: Norte e Nordeste lideram homicídios

Com 1.042 assassinatos, o Rio Grande do Norte foi o Estado brasileiro onde a violência mais se acentuou entre 2010 e 2011, com um aumento de 27,9% nos casos de assassinato. Ali, como na região Nordeste, os registros de morte violenta por agressão vêm crescendo há sete anos. Entre 2004 e 2011, os homicídios no Rio Grande do Norte triplicaram e em 2011, pela primeira vez, a região ultrapassou a marca de mil homicídios

A Paraíba aparece em segundo lugar, com crescimento de 11,1% no número de homicídios, seguida por Alagoas (8,7%), Ceará (7,2%), Sergipe (7,1%), Maranhão (5,4%) e Piauí (5,4%). Segundo o coordenador do Laboratório de Análise da Violência da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Ignacio Cano, não existe nenhuma resposta conclusiva sobre o aumento dos homicídios no Nordeste.

"Essa foi a área do país onde os programas contra a pobreza tiveram mais impacto. Entretanto, os índices estão aumentando. Existe uma interpretação de que esse crescimento da riqueza está gerando fluxos populacionais e o crescimento de algumas cidades. E esses crescimentos de atividades econômicas estão acompanhados de fluxos de criminalidade", acredita Cano.

A outra região brasileira que teve crescimento da violência em 2011 foi a Centro-Oeste, com alta de 10,5%. As demais regiões brasileiras tiveram queda nos homicídios: Norte (-6,3%), Sul (-4,6%) e Sudeste (-2,3%). Os quatro Estados do Centro-Oeste tiveram aumento dos assassinatos entre 2010 e 2011, com destaque para Goiás (16,8%) e Distrito Federal (10,8%). Mais quatro tiveram aumento no número de homicídios: Amazonas (19,8%), Minas Gerais (16,8%), Tocantins (14,1%) e Acre (1,8%).

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade