0

Córrego transborda e deixa bairro de SP em alerta por chuva

4 jan 2011
17h30
atualizado às 20h24

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) informou nesta terça-feira que o bairro de São Mateus, na zona leste da cidade, ficou em estado de alerta por 40 minutos devido ao transbordamento do córrego Limoeiro em decorrência da chuva que atinge a região. Toda a zona leste da cidade ficou em estado de atenção das 19h05 às 20h05.

A rua José Zappi, localizada na Vila Prudente, zona leste de São Paulo, foi um dos locais afetados pela chuva desta terça-feira
A rua José Zappi, localizada na Vila Prudente, zona leste de São Paulo, foi um dos locais afetados pela chuva desta terça-feira
Foto: Ale Vianna/News Free / Especial para Terra

Segundo o CGE, as áreas de instabilidade provocaram chuva forte entre os bairros de São Mateus, Cidade Tiradentes, Itaquera e Guaianazes. De acordo com imagens de radar, as chuvas também se estenderam para os municípios do ABC, região de Suzano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Por volta das 20h, no entanto, a precipitação perdeu intensidade.

Conforme os meteorologistas do CGE, a noite e a madrugada devem ter tempo bastante instável, com a possibilidade de novas chuvas que podem atingir intensidade fraca à moderada.

Às 20h20, havia apenas um ponto de alagamento ativo na capital paulista, segundo o CGE: na avenida Ragueb Chohfi, nas proximidades com avenida Bento Guelfi, em São Mateus.

Nos próximos dias, as condições atmosféricas não mudam de forma significativa em São Paulo, conforme o CGE. As chuvas generalizadas dão lugar às pancadas de chuva, que ocorrem preferencialmente no período das tardes em função da presença do sol e da alta umidade do ar.

Ao longo da semana as temperaturas vão subir e devem atingir os 29ºC durante a tarde. Pelo menos até o início da próxima semana, ainda há o risco de chuvas com intensidade moderada e forte.

Municípios em estado de atenção


Por causa das chuvas, 26 municípios paulistas estão em estado de atenção, segundo o último balanço da Defesa Civil do Estado. A maior parte deles são região de Campinas, e quatro da Baixada Santista. Desde o início do verão, os temporais já deixaram 347 desabrigados.

Em Santos, a Defesa Civil da cidade contabilizou 74 ocorrências causadas pelas chuvas desde o último domingo, 70% relacionadas a deslizamentos. Por causa dos riscos, 26 imóveis foram interditados. A circulação em algumas vias ficou prejudicada pela queda de barreiras, mas a administração local já está promovendo a limpeza e desobstrução das ruas.

Um deslizamento também interditou parcialmente a rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101), em Hortolândia, interior do Estado. A concessionária responsável pela operação da estrada está limpando a via. Os municípios de Nazaré Paulista, Bom Jesus dos Perdões e Atibaia estão sofrendo com inundações causadas pela cheia do Rio Atibainha.

Com informações da Agência Brasil

Fonte: Redação Terra
publicidade