0

Com temperatura de 2,2ºC, Porto Alegre bate recorde de frio

4 jul 2011
10h36
atualizado às 12h34

Dezesseis cidades do Sul do País registraram temperaturas negativas nesta segunda-feira. De acordo com o boletim divulgado nesta manhã pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o Rio Grande do Sul é o Estado que mais sofre com o frio. Com previsão de registrar o maior frio da década, segundo o Inmet, Porto Alegre registrou às 8h de hoje a menor temperatura do ano, 2,2ºC. A máxima prevista não deve passar dos 10ºC e o tempo deve permanecer parcialmente nublado.

Saiba como se mede a sensação térmica

No total, 12 cidades do Rio Grande do Sul registraram temperaturas abaixo de 0 grau Celsius. Em Cambará do Sul, no interior gaúcho, os termômetros marcaram ¿5,6ºC. No interior de Santa Catarina, a cidade de Urubici registrou a mínima de ¿6,2ºC e sensação térmica de 27°C abaixo de zero.

Segundo o Inmet, a previsão é que as temperaturas mínimas continuem negativas em cidades da região, mas, até o final da semana, elas devem ficar mais próximas de 0°C. As máximas podem subir de 3°C a 5°C até a próxima sexta-feira.

As estações meteorológicas do Simepar acusam valores negativos em todo o sul, sudoeste, centro e sul da região metropolitana de Curitiba e microrregião de Lapa. Nas demais áreas, a temperatura também é baixa, inclusive litoral e norte do Estado. Os termômetros marcam -2,5 graus Celsius (°C) em Entre Rios, -0,7 °C na Lapa, -1,4°C em Palmas e 1,5 °C em Curitiba.

Segundo o meteorologista do Simepar, Paulo Barbieri, não há previsão de chuva para hoje. A chuva que atingiu grande parte das regiões paranaenses ontem foi intensa, ultrapassando a média prevista para o mês em várias cidades. Em Curitiba, choveu 57,4 mm, quando a previsão para todo o mês de julho é 100 mm.

Termômetro de rua chegou a marcar 0° na capitral gaúcha
Termômetro de rua chegou a marcar 0° na capitral gaúcha
Foto: Roberto Vinicius / Futura Press
Fonte: Terra
publicidade