0

Com greve da CPTM, lentidão chega a 150 km nas vias de São Paulo

Paralisação dos trens provocou longas filas em terminais de ônibus e atingiu 1,5 milhão de pessoas na Grande São Paulo

13 jun 2013
10h53
atualizado às 13h49
  • separator
  • comentários

A cidade de São Paulo registrou pelo menos 150 quilômetros de lentidão na manhã desta quinta-feira. No começo da tarde, o fluxo diminuiu e, por volta das 13h, havia 40 quilômetros de congestionamentos. O trânsito sofreu reflexos da greve dos ferroviários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que afetou quatro linhas e atingiu diretamente cerca de 1,5 milhão de usuários.

<p>Passageiros prejudicados pela greve da CPTM lotam terminal de ônibus</p>
Passageiros prejudicados pela greve da CPTM lotam terminal de ônibus
Foto: Fernando Borges / Terra

Veja o ranking de congestionamentos de São Paulo
A evolução das obras do metrô de SP ano a ano
Confira o ranking das tarifas de ônibus no País

Devido à paralisação, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) suspendeu o rodízio de veículos durante o dia de hoje, o que também contribuiu para deixar o trânsito lento. A zona oeste era a mais afetada por congestionamentos, com 49 quilômetros de lentidão por volta das 11h10. A zona sul tinha 42 quilômetros de filas, e a zona norte tinha 32 quilômetros de trânsito lento.

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-metro-onibus-sp/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; data-cke-741-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-metro-onibus-sp/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;

De acordo com a CPTM, a circulação de trens nas linhas 11-Coral e 12-Safira está interrompida em toda a extensão desde as 10h devido à greve, e a linha 9-Esmeralda não está operando desde a última madrugada. A operação Paese foi acionada e os ônibus circulam entre as estações Corinthians-Itaquera do Metrô e Guaianazes; entre Ferraz de Vasconcelos, Poá, Suzano, Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba e Guaianazes; e entre São Miguel e Itaim Paulista e estação Tatuapé do Metrô.

A CPTM informa ainda que, desde as 10h, opera três linhas da seguinte forma: 7-Rubi, entre as estações Luz e Jundiaí; 8-Diamante, entre as estações Itapevi e Palmeiras-Barra Funda, e 10-Turquesa até a Estação Luz. A operação Paese será mantida para atender a linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú), que está paralisada. Os coletivos estão atendendo os usuários entre as estações Pinheiros e Grajaú.

"A companhia lamenta a atitude arbitrária do Sindicato dos Trabalhadores da Zona Sorocabana, representante dos empregados das linhas 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi) e 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú), e do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central, que representa os empregados das linhas 11-Coral (Luz-Guaianazes-Estudantes) e 12-Safira (Brás-Calmon Viana), que descumpriram a liminar emitida pela Justiça do Trabalho", informou o comunicado.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade