0

Com 9% de umidade, cidade paulista é a mais seca do Brasil

29 out 2014
07h50
atualizado às 07h52
  • separator
  • comentários

A cidade de Ibitinga, na região central de São Paulo, registrou a menor índice de umidade em todo o Brasil na tarde desta terça-feira segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Com 9% de umidade, a cidade é mais uma das influenciadas por uma massa de ar seco que se intensificou na região Sul e avançou para o Sudeste nesta semana. As informações são da Climatempo.

No ranking dos 10 menores índice de umidade relativa do ar observados nesta terça-feira, com medições do Instituto Nacional de Meteorologia e dos aeroportos (Aeronáutica), 8 foram em cidades paulistas. O Instituto Nacional de Meteorologia opera 29 estações meteorológicas no Estado de São Paulo e 16 delas registraram umidade relativa do ar igual ou abaixo de 20%.

O nível mínimo de umidade no ar recomendado pela Organização Mundial da Saúde para a saúde humana é de 60%. O problema, segundo a Climatempo, não está apenas num valor momentâneo muito baixo, mas na persistência da situação de secura no ar, com muitas horas consecutivas de um ar com umidade abaixo dos 60%. Em Ibitinga, às 20h, a umidade relativa ainda era de 15%, completando 7 horas consecutivas com umidade do ar abaixo dos 20%. Na cidade de São Paulo, a umidade baixou para 21% no Campo de Marte, na zona norte. No domingo, o menor nível de umidade foi de 48%.

Foto: Climatempo

A secura continua nesta quarta-feira em São Paulo que deve registrar novamente várias horas com níveis de umidade abaixo dos 60%, até no litoral. A tendência é de que o ar fique muito seco também em regiões como sul de Minas, Paraná e Santa Catarina e o centro-sul do Rio de Janeiro, incluindo o Grande Rio.

O secura aumenta junto com o calor. A quarta-feira promete ser mais quente em todas estas áreas. A temperatura nesta terça-feira chegou aos 34°C no interior de São Paulo e a quase 37°C no interior do Paraná.

Chuva
Ainda segundo a Climatempo, o calor e o ar muito seco não vão se prolongar por muito tempo. Uma frente fria, com forte intensidade, avança sobre o Sul do Brasil durante a quinta-feira e no fim de semana trará chuva, umidade e ar polar também para São Paulo. A expectativa é de que a chuva ocorra de forma volumosa e generalizada no Sudeste ao longo da primeira semana de novembro.

O Estado de São Paulo registrou as menores umidades do Brasil
O Estado de São Paulo registrou as menores umidades do Brasil
Foto: Climatempo

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade