Cidades

publicidade
15 de fevereiro de 2012 • 09h49 • atualizado em 15 de Fevereiro de 2012 às 22h03

Colisão de trens deixa ao menos 38 feridos em São Paulo

Trens colidiram na região da Vila Clarice, na zona noroeste de São Paulo
Foto: Rafael Brito / Futura Press
 

Uma colisão entre dois trens na região da Vila Clarice, no noroeste de São Paulo, mobilizou equipes da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do Corpo de Bombeiros na manhã desta quarta-feira. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, 38 pessoas ficaram feridas, das quais duas em estado grave.

A colisão ocorreu por volta das 9h, na Estação Vila Clarice, no sentido Lapa - Estação da Luz. Segundo a CPTM, um trem de manutenção bateu na traseira de uma composição que levava passageiros.

De acordo com o major Nilton Miranda, subcomandante do 2º Grupamento do Corpo de Bombeiros, as vítimas em estado grave são o maquinista de uma das composições e um passageiro. Ambos sofreram traumatismo craniano. O major informou que todos os feridos já foram levados para hospitais e pronto-socorros da região.

O secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos (STM), Jurandir Fernandes, disse que existe a hipótese de falha humana. "Isso será investigado", declarou Fernandes.

A linha ficou bloqueada no sentido Estação da Luz e foi liberada no fim da manhã. Por causa da interdição, os trens circularam até as 11h30 em via única entre as estações Vila Clarice e Luz, em ambos os sentidos. O problema provocou maiores intervalos na circulação das composições e lentidão na Linha 7.

Agência Brasil