0

Clientes são pisoteados em inauguração de loja na Paraíba

22 mai 2010
14h25
atualizado em 24/5/2010 às 18h57
Michelle Sousa
Direto de João Pessoa

A inauguração de uma loja de eletroeletrônicos em João Pessoa, na Paraíba, acabou em tumulto e feridos na manhã deste sábado. A Polícia Militar (PM) e o Corpo de Bombeiros foram chamados para conter as pessoas que invadiram o local arrombando as portas antes mesmo da abertura, em razão das promoções anunciadas. Doze feridos foram socorridos para hospitais da Capital.

Os consumidores começaram a se aglomerar logo cedo na entrada do estacionamento da loja, localizada às margens da BR-230, no bairro do Geisel, em João Pessoa. A inauguração prometia promoções em diversos eletrodomésticos e eletroeletrônicos, mas a loja nem chegou a ser aberta no horário programado.

De acordo com a PM, as pessoas arrombaram as grades do estacionamento e depois invadiram a loja destruindo as portas de metal. "A população não entendeu que a promoção de inauguração seria de 45 dias", disse o Tenente da Polícia Militar Edinaldo Adolfo.

Uma hora depois da confusão ainda tinha gente ferida sendo atendida na porta da loja. Era o caso do vendedor Alisson Santos que estava entre os consumidores que aguardavam para entrar e nem lembra como conseguiu se ferir na perna. "O pesoal arrombou a porta, mas tinha uma barra de ferro na entrada e quem estava na frente ficou preso nessa barra. Quem vinha atrás, passou por cima."

Santos descreveu que entre os feridos havia crianças e pessoas idosas. "Graças a Deus eu sobrevivi. O pior é que quem estava na hora não podia fazer nada. Ou se salvava ou morria para salvar alguém", disse.

O Samu utilizou cinco ambulâncias no socorro a seis vítimas que foram levadas para dois hospitais da capital. O socorro também foi feito pelos bombeiros e por pessoas. O estado mais grave é de Maria de Lourdes Galdino Pereira, 67 anos, que chegou desacordada ao hospital de Trauma para onde foram socorridas mais oito pessoas. Outros três feridos foram atendidos no hospital Ortrotrauma.

Por questões de segurança, a inauguração foi suspensa e somente quem conseguiu entrar em meio ao tumulto estava conseguindo efetuar as compras. A Polícia Militar reforçou a segurança dentro e fora da loja de atacado. O gerente comercial Telmo Cysneiros disse que só vai saber se houve saque a produtos da loja depois de feito o balanço.

Telmo Cysneiros disse que haverá um comunicado a imprensa informando quando a loja será reaberta. "Eu não sei se a promoção deixou dúvidas de que era só de um dia, mas sei que a demanda para o dia de hoje foi muito superior ao que a gente estimou e gerou o tumulto com as pessoas forçando a porta."

- Multidão foi a loja de João Pessoa tentar aproveitar descontos. Pessoas foram pisoteadas na abertura do local
- Multidão foi a loja de João Pessoa tentar aproveitar descontos. Pessoas foram pisoteadas na abertura do local
Foto: Michelle Sousa / Especial para Terra
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade
publicidade