0

Chuva faz córrego transbordar e deixa pessoas ilhadas em SP

16 fev 2011
15h27
atualizado em 17/2/2011 às 11h12

A forte chuva que atinge a capital paulista nesta quarta-feira provocou o transbordamento do córrego Ipiranga, na altura da avenida Dr. Ricardo Jafet com a rua Coronel Diogo, e fez a subprefeitura de Ipiranga, na região sudeste, ficar em estado de alerta por 20 minutos. Em toda a cidade, os bombeiros resgataram pessoas ilhadas em veículos.

Poucos motoristas se arriscaram em um alagamento na avenida Faria Lima, próximo ao Shopping Iguatemi
Poucos motoristas se arriscaram em um alagamento na avenida Faria Lima, próximo ao Shopping Iguatemi
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Toda a capital paulista ficou em atenção devido às chuvas que provocaram alagamentos e ao granizo. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências da prefeitura (CGE), as zonas leste, sudeste, sul e Marginal Pinheiros entraram em estado de atenção às 14h46, a zona norte e Marginal Tietê, às 15h30; e a zona oeste e centro, às 16h. Em todas as regiões, a atenção foi encerrada às 18h15.

De acordo com os bombeiros, sete pessoas ilhadas foram resgatas de dentro de uma lotação na avenida Doutor Assis Ribeiro, em Cangaíba, próximo ao Parque Ecológico do Tietê. A corporação fez resgates ainda na avenida Francisco Matarazzo, próximo ao Shopping Bourbon. Além disso, dois muros desabaram e não deixaram vítimas.

A chuva ainda provocou a queda de uma árvore na avenida Doutor Salomão Vasconcelos, bairro Cangaíba, na zona leste da cidade. Segundo a corporação, a árvore caiu sobre residências, mas ninguém ficou ferido.

Na rua Padre Machado, em Vila Mariana, um deslizamento de terra deixou uma pessoa levemente ferida. Segundo o Corpo de Bombeiros, cinco viaturas foram deslocadas ao local, mas a vítima não quis receber atendimento.

Ainda conforme o CGE, a chuva foi causada por áreas de instabilidades associadas ao calor e à alta umidade na atmosfera. Foi registrada queda de granizo no bairro de São Mateus, na zona sul, às 14h40, e em Guaianazes às 16h. Segundo a previsão do centro, há possibilidade de chuvas isoladas, e com menor intensidade, até o final da noite.

O Centro divulgou ainda que foram registrados 84,1 mm de chuva no rio Tietê, na altura da barragem da Penha, em Guarulhos nesta quarta até 18h30. Até o mesmo horário, 80 mm foram registrados no córrego Ipiranga, que transbordou.

Pontos de alagamento
Às 18h10, havia 61 pontos de alagamento ativos na capital paulista. Às 19h, o número caiu para 35 e, às 21h30, havia apenas seis pontos ativos, sendo três intransitáveis:
- rua Doutor Audisio de Alencar, na altura da rua Alvina Ferrara Samarone, sentido centro, no Ipiranga, região sudeste;
- avenida Pedro Álvares Cabral com a praça Ibrahim Nobre, na Mooca;
- rua Manoel Dutra com a praça Quartoze Bis, no sentido bairro, na Sé, Centro;

A concessionária Ecopistas, que administra a rodovia Ayrton Senna, registrou lentidão durante a tarde entre o km 15 e o km 17 da estrada, sentido interior, devido a um alagamento.

Raio interrompe circulação de trens
A queda de um raio interrompeu por volta das 15h20 a circulação entre as estações Tatuapé e Engenheiro Goulart na linha 12 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Por volta das 18h, os trens voltaram a circular no trecho por uma única via. Segundo a empresa, ônibus gratuitos fizeram o transporte de passageiros no local.

Aeroportos
A Infraero informou que o aeroporto de Congonhas ficou fechado das 16h12 às 17h30 por causa da forte chuva. Com a reabertura, as operações eram feitas por instrumentos. Em Guarulhos, os procedimentos no aeroporto internacional eram realizados por instrumentos desde 16h.

Defesa Civil decreta atenção para enchentes
A Defesa Civil de Sâo Paulo colocou na tarde de hoje as regiões de Itaim, São Miguel, Itaquera, Guaianazes, Cidade Tiradentes, São Mateus, Aricanduva, Santo Amaro, Capela Socorro e Cidade Ademar em estado de atenção para enchentes.

De acordo com o órgão, a medida é preventiva devido às fortes chuvas. A atenção é decretada com base na previsão meteorológica do CGE.

CET aumenta efetivo nas ruas
Com a entrada de todas as regiões da capital em estado de atenção, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que as equipes em campo prorrogaram seu turno de trabalho, somando-se aos agentes que estavam iniciando sua jornada. Segundo a empresa, 767 agentes monitoraram locais com maior possibilidade de alagamentos. Quando necessário, são efetuados bloqueios com cavaletes.

Terra

Colaboraram com esta notícia os internautas Lucas Falconi, Allex Nunnes, Cristiane Gertel, Rafael Clal, Saulo Martin, Adriana Pessoti e Luana Neves, Diego Cassola, Daniel, Juliano G. Lopes, Marien Tuchler, Paulones, Rodrigo Novelli, Diego Sgobi, Marcelo Lima, Aninha Serra, Tonhones, Daniela Filetti, Livia da Silva Aguiar Reis, Luiz Vitale, Alex Moura, Robson Alves Malaquias, Sérgio Caixeta, Abner B. Gonçalves, Marina, Edvirgem Rodrigues de Souza, Fabio Ferraz Santos, Otávio de Aguiar, Cassio Callegaro, Clayton Binario, Orlando Colacioppo, Carlos Mori, Sandro Neri de Paiva, Renata Maria da Silva, Renato Barredo, Alex Moura, Marien Tuchler, Ulysses Netto, Edson Jr., Isaque de Souza, Larice Sena, Kleber Lima, Alex Castilho, Paduardo, Diego Verri, Felipe Arsilo, Luiz Carlos da Silva, Otávio de Aguiar, Priscila Guidotti, Wagner Brito Almeida, Natalia , Marcos Milanesi, Arlindo Figueira, Elsa Graf, Daniela Pereira, Kleber Caetano, Rodrigo Lima, Comprovagomes, Mario Junior, Dalvani, Danilo, Valesca Braga e Clayton Passadori, de São Paulo (SP), Gustavo Meneguelli, de São Caetano do Sul (SP), Marcos Freitas, de Santo André (SP), Geisa Souza, de São Bernardo do Campo (SP) e Thiago, de Jundiaí (SP), que participaram do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
publicidade