Cidades

publicidade
29 de agosto de 2011 • 21h10 • atualizado às 21h34

Chuva e granizo danificam casas em SC e no RS

A cidade de Passo Fundo (RS) registrou chuva de granizo no final da tarde desta segunda-feira
Foto: Vagner Guarezi/Agência Freelancer / Especial para Terra
 
Fabrício Escandiuzzi
Direto de Florianópolis

A chuva forte, acompanhada de granizo, causou prejuízos nesta segunda-feira em municípios de dois Estados da região Sul. Em Santa Catarina, ao menos dez cidades tiveram alagamentos ou destelhamentos. No Rio Grande do Sul, os municípios mais afetados pelo temporal e pela queda de gelo foram Passo Fundo, no noroeste, e Vacaria, no nordeste do Estado.

Em Santa Catarina, um dos locais mais atingidos foi São Lourenço do Oeste, cerca de 660 km a oeste de Florianópolis. Segundo a prefeitura, um levantamento inicial aponta que ao menos 100 casas foram destelhadas em decorrência de duas tempestades no mesmo dia. Uma ocorreu no início da manhã e, no final da tarde, uma chuva de granizo castigou o município. Equipes da Defesa Civil ainda contabilizavam prejuízos e atendiam os afetados no momento da segunda chuva intensa.

Em Capinzal, também no oeste, cerca de 200 residências foram danificadas por uma chuva de granizo no início da noite. Chuvas intensas foram registradas no início da noite também em Palhoça, Lages, Santa Rosa do Sul, Vargem e Florianópolis.

A Defesa Civil estadual emitiu um alerta de chuva intensa na terça-feira em praticamente todas as regiões de Santa Catarina. Segundo o Centro de Recursos Ambientais do Estado (Ciram), os ventos podem ser intensos nos próximos dias. "Entre a noite de terça e a manhã de quarta-feira, estão previstas rajadas de vento de 60 a 80 km/h, devido ao avanço de uma intensa massa de ar seco e frio pelo Sul do Brasil", afirma o órgão em aviso meteorológico.

Mais de 500 chamados aos bombeiros em cidades do RS
Em Passo Fundo, os bombeiros receberão mais de 500 chamados após a chuva de granizo no final da tarde, que foi rápida, mas intensa. Há casas destelhadas e registro de alagamentos em algumas regiões da cidade. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros distribuíram lonas para cerca de 350 famílias. Apesar dos danos materiais, não há desalojados ou desabrigados no município.

Em Vacaria, o granizo chegou por volta das 15h, acompanhado de vento forte. Os bombeiros receberam mais de 80 chamados e estimam que ao menos 200 casas tenham sido danificadas pelo mau tempo. Com o vendaval, árvores foram derrubadas e atingiram casas ou carros. Não há registro de feridos, mas algumas pessoas tiveram que ir para a casa de amigos ou familiares devido a danos estruturais em imóveis.

Especial para Terra