0

Chuva deixa SP em estado de atenção e causa lentidão recorde

10 fev 2012
17h03
atualizado em 11/2/2012 às 11h02

A forte chuva que atingiu São Paulo na tarde desta sexta-feira deixou toda a cidade em estado de atenção pela segunda vez no mesmo dia. Além disso, o temporal provocou o maior pico de congestionamento em 2012 para o horário: 217 km às 19h, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego.

Às 14h15 de hoje, Centro de Gerenciamento de Emergências, a chuva direcionou o foco das atenções às zonas leste e sudeste, mas a situação voltou ao normal às 15h35. Pouco mais de uma hora depois, no entanto, toda a cidade voltou a ficar em estado de atenção até por volta de 19h30, quando as chuvas na capital amainaram.

Segundo o CGE, no início da noite a precipitação se concentrava no extremo da zona leste, última região a deixar o estado de atenção, às 20h10. Imagens de radar mostravam chuviscos na maioria dos bairros da capital. Na região metropolitana, a precipitação era moderada apenas em Juquitiba, São Lourenço da Serra e Embu-Guaçu.

Alagamentos e trânsito
A cidade chegou a registrar 34 pontos de alagamento, principalmente nas zonas sul e leste, mas às 22h o número havia caído para dois. Destes, segundo o CGE, nenhum mais era intransitável.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou pico de lentidão de 217 km na noite desta sexta-feira. Pouco antes das 22h, o índice havia caído para 68 km, dos quais 46% (31 km) se concentravam na zona sul.

Por causa da forte chuva, o aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo, ficou fechado para pousos e decolagens das 16h51 até as 17h27, segundo a Infraero. Desde o início do dia, 27 voos (11,8%) haviam sido cancelados, e outros 63 (27,6%) atrasaram. Já o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na região metropolitana, não chegou a fechar, e registrava atraso em 39 voos (17,8%).

Mais chuvas no fim de semana
O CGE informou que as novas chuvas foram provocadas por áreas de instabilidade que se deslocaram do interior do Estado. Segundo os meteorologistas, a tendência é de que as chuvas sigam para a região do Vale do Paraíba e litoral norte. Entretanto, com a chegada da frente fria, são esperadas novos períodos de chuva no decorrer da noite.

A propagação da frente fria pelo litoral paulista muda o tempo no fim de semana, provocando nebulosidade, declínio das temperaturas e chuvas mais generalizadas, inclusive na próxima madrugada. Os termômetros variam entre mínimas de 19ºC e máximas que não devem superar os 26ºC. A continuidade das chuvas entre o sábado e o domingo eleva o risco para alagamentos, inundações e transbordamento de rios e córregos na capital paulista.

Terra

Colaboraram com esta notícia os internautas Rogério Gomes, Edson Chaveiro, Marcelo Ferreira Sandalhel e Claudio Fett, de São Paulo (SP), que participaram do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
publicidade