0

Chuva deixa parte de São Paulo em estado de atenção

27 jan 2011
19h35
atualizado às 20h47

Depois de a capital registrar a temperatura mais alta do ano - 32,5°C -, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou as zonas leste e sudeste de São Paulo em estado de atenção por causa da chuva das 18h45 até as 20h35 desta quinta-feira. Áreas de instabilidade associadas ao forte aquecimento se deslocaram do Grande ABC para a capital e provocaram pancadas de chuva forte em alguns pontos.

12.01 - Franco da Rocha/SP: prédios públicos como a prefeitura, a Câmara de Vereadores e a Delegacia de Polícia ficaram tomados pela água
12.01 - Franco da Rocha/SP: prédios públicos como a prefeitura, a Câmara de Vereadores e a Delegacia de Polícia ficaram tomados pela água
Foto: Célio Campos / Futura Press

De acordo com imagens de radar, os bairros mais atingidos foram Vila Prudente, São Mateus, Cidade Tiradentes, Itaquera, Aricanduva, Vila Formosa e parte de Ermelino Matarazzo e Penha. Na Mooca, há registro de precipitação moderada. Na zona norte e região central, chovia leve.

Na região metropolitana, segundo o CGE, chovia de forma intensa em Santo André, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Em Mauá, um dos pontos de medição do Rio Tamanduateí registrou 29,4 mm de chuva às 18h43. No aeroporto de Guarulhos, as rajadas de vento chegaram aos 49 km/h.

Conforme os meteorologistas do CGE, na sexta-feira, as condições atmosféricas não mudam muito. O tempo segue quente e os termômetros novamente devem superar os 31ºC. A previsão é de chuvas fortes e isoladas a partir do fim da tarde na grande São Paulo e capital.

Fonte: Terra
publicidade