0

CE: paródia de obras religiosas com travestis causa polêmica

9 mai 2012
10h44
Omar Jacob
Direto de Fortaleza

Um calendário com imagens de travestis causou polêmica esta semana em Fortaleza (CE). O trabalho, intitulado "Translendário 2012", é composto de releituras de obras sacras como a Última Ceia, de Leonardo da Vinci, em que travestis ocupam os lugares tradicionais de Jesus e seus apóstolos na cena, chamada de "o último truque" na versão adaptada.

Deputados da Assembleia Legislativa do Ceará criticaram o calendário e afirmaram que o material é uma ofensa à Igreja Católica. "Essas manifestações poderiam ser feitas sem o uso de símbolos cristãos", alegou o deputado João Jaime (PSDB). O deputado Roberto Mesquita (PV) disse ainda que o calendário "é uma chacota das obras-primas".

Os parlamentares denunciaram ainda que o trabalho tenha sido patrocinado pela prefeitura de Fortaleza. O deputado Fernando Hugo (PSDB) disse que vai encaminhar o documento ao Ministério Público do Estado para que a instituição "investigue o montante gasto pela prefeitura nessa publicação". Ele afirmou também que vai levar o material à Igreja Católica, "já que o calendário afronta obras consideradas cristãs". O parlamentar argumentou ainda que não se trata de preconceito contra gays, lésbicas travestis, mas contra o gasto de dinheiro público com o que seria "improdutivo, irresponsável e insano".

A Coordenadoria de Diversidade Sexual da Secretaria de Direitos Humanos da prefeitura de Fortaleza nega qualquer tipo de patrocínio à publicação do calendário. Ainda de acordo com a administração municipal, o material surgiu do trabalho do artista Silvério Pereira, após um espetáculo teatral do projeto Quarta Cultural, realizado desde junho de 2010 como forma de incentivo a inclusão do público LGBT - lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros.

No mês de abril, calendário traz releitura da Última Ceia com travestis no lugar de Jesus e seus apóstolos
No mês de abril, calendário traz releitura da Última Ceia com travestis no lugar de Jesus e seus apóstolos
Foto: Reprodução
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade