0

Bueiros explodem em Copacabana, na zona sul do Rio

25 jun 2011
10h24
atualizado em 26/6/2011 às 14h17

Um curto-circuito em um cabo de baixa-tensão provocou neste sábado a explosão de mais uma câmara subterrânea em Copacabana, zona sul da cidade. Segundo a concessionária de energia Light, ninguém ficou ferido no local e técnicos estão investigando as causas do acidente. A explosão ocorreu por volta das 8h30, na esquina entre a rua Constante Ramos e a avenida Nossa Senhora de Copacabana. O curto-circuito fez com que duas tampas da câmara se deslocassem e assustassem pedestre e comerciantes.

Moisés Domingos, gerente de uma loja na região, disse que os funcionários se preparavam para abrir o estabelecimento quando ouviram a explosão. "Tudo mundo correu, ficou recolhido. Ninguém esperava aquele estrondo àquela hora", disse.

De uma sapataria na rua Nossa Senhora de Copacabana, o funcionário Ezequiel Gaspar Nunes viu toda a explosão, que ocorreu em frente à loja. Ele disse que a tampa da câmara subterrânea foi arremessada por 3 m e que o objeto chegou a atingir uma das placas de identificação da rua.

"Foi um impacto muito forte. Tudo aqui tremeu. Tínhamos acabado de abrir a loja e ficamos assustados, esperando um estrago maior", contou. A região da explosão costuma ter movimento intenso de pedestres, mas, segundo Ezequiel, devido ao horário, estava mais vazia.

Pelo menos três câmaras subterrâneas explodiram na capital fluminense nos últimos meses. Na semana passada, na Tijuca, na zona norte, uma explosão feriu um técnico da Light, que trabalhava na manutenção da rede subterrânea.

Em abril, um acidente deixou cinco pessoas feridas, destruiu parcialmente dois táxis e abriu uma cratera na pista, na esquina entre as ruas Bolívar e Nossa Senhora de Copacabana. Em 2010, um casal de turistas sofreu queimaduras por todo o corpo por causa de uma explosão no bairro.

A companhia responsável pelas câmaras, a Light, informou em abril que a rede subterrânea na cidade precisava de manutenção e prometeu acelerar o programa de reparos até o final do ano.

Agência Brasil

Colaborou com esta notícia o internauta José Carlos Pereira de Carvalho, do Rio de Janeiro (RJ), que participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

No final da tarde, funcionários da Light ainda trabalhavam em bueiro da rua Constante Ramos, em Copacabana
No final da tarde, funcionários da Light ainda trabalhavam em bueiro da rua Constante Ramos, em Copacabana
Foto: José Carlos Pereira de Carvalho / vc repórter
vc repórter

compartilhe

publicidade