0

Apagão deixa partes do Distrito Federal sem luz por 40 minutos

19 out 2012
17h01
atualizado às 19h33
  • separator
Luciana Cobucci
Direto de Brasília

No dia do último capítulo da novela 'Avenida Brasil', Brasília sofreu um apagão na tarde desta sexta-feira que durou cerca de 40 minutos. O defeito deixou parte da capital federal e das cidades-satélite do Distrito Federal sem luz, atingindo a Esplanada dos Ministérios, Asa Norte, Asa Sul, Lago Sul, Gama, Recanto das Emas, Águas Claras, Santa Maria, Planaltina e Sobradinho. O serviço já foi restabelecido.

A falta de energia também atingiu o Congresso Nacional, mas os geradores garantiram a continuidade dos trabalhos no local
A falta de energia também atingiu o Congresso Nacional, mas os geradores garantiram a continuidade dos trabalhos no local
Foto: Jose Cruz / Agência Brasil

A Companhia Energética de Brasília (CEB), distribuidora do serviço para a capital e o entorno, culpa Furnas pela falha no fornecimento de energia, que afirma não ter responsabilidade sobre o ocorrido. "O desligamento teve início em uma linha da CEB, de Samambaia para Brasília Norte, que posteriormente provocou o desligamento das três linhas, também de propriedade da CEB, que ligam as subestações de Brasília-Sul (de Furnas) à Subestação de Brasília-Norte (da CEB)", informou Furnas.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que o problema ocorreu numa subestação menor, abaixo da frequência fiscalizada pelo órgão, mas que tomou conhecimento do defeito.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a causa do apagão foi o desligamento de um disjuntor na subestação Samambaia, que é de responsabilidade de Furnas. Cerca de 30 minutos depois, houve o desligamento de quatro linhas da subestação Norte, de responsabilidade da CEB. Um fiscal da agência reguladora já está no local para apurar o ocorrido.

Na próxima terça-feira, uma reunião está marcada entre ONS, Aneel, CEB e Furnas para apurar as causas do apagão. A sanção para possíveis culpados pode ir de uma advertência até multa equivalente a 2% do faturamento líquido anual da empresa.

O ONS prepara um esquema especial para o fim do último capítulo da novela 'Avenida Brasil', da TV Globo, na noite desta sexta-feira. Segundo o operador, haverá folga na geração das usinas para dar conta do aumento súbito do consumo de energia elétrica após a novela. O órgão informou, no entanto, que não há risco de apagão.

Conforme o ONS, no minuto seguinte ao término de transmissões com grande audiência ocorre um efeito chamado 'rampa de carga', porque as pessoas retomam suas atividades normais - como tomar banho, acender as luzes da casa ou abrir a geladeira - simultaneamente em um curto espaço de tempo.

Veja também:

Ministro da Saúde alerta para aumento de casos da covid-19 no interior do Brasil
Fonte: Especial para Terra
publicidade