1 evento ao vivo

Alerta vermelho: Rio deve ter mais chuva, diz Climatempo

6 abr 2010
08h45
atualizado às 10h20

Uma "máquina de fazer chuva" se formou sobre o Rio de Janeiro e conforme o Climatempo, a situação permanece de alerta vermelho para o risco de novas instabilidades nas próximas horas. Uma forte frente fria avança pelo Sudeste do Brasil e o intenso contraste térmico entre o ar polar e o ar quente tropical mantém as condições de chuva constante. Além disso, a temperatura superficial das águas do Atlântico, perto do litoral fluminense, está cerca de 2 graus acima do normal.

Carro tenta atravessar a avenida Jardim Botânico tomada pela água, no Rio de Janeiro
Carro tenta atravessar a avenida Jardim Botânico tomada pela água, no Rio de Janeiro
Foto: Angelo Antônio Duarte / Futura Press

Em menos de 12 horas foram acumulados, em algumas áreas da cidade, cerca de 300 mm de chuva. No geral o volume acumulado variou entre 150 e 300 mm. O volume normal para todo o mês de abril é de cerca de 140 mm. Ainda chove de forma constante ao longo do dia de hoje, totalizando pelo menos cerca de 70 mm nesta terça-feira. O mar também está bastante agitado com ondas de 1 metro e meio podendo alcançar nesta noite 2 metros. Até quarta-feira, há risco de ressaca nas praias do Rio.

A passagem de uma frente fria provocou ventos fortes a partir do final da tarde de segunda-feira. No Forte de Copacabana, segundo o INMET, as rajadas de vento chegaram a 64 km/h às 19h.

Desde o fim da tarde de segunda-feira até às 09:40 de hoje, foram registrados na cidade os seguintes volumes de chuva: Vidigal, 245 mm; Rocinha, 284 mm; Tijuca, 265 mm; Santa Teresa, 224 mm; Penha, 226 mm; Méier, 255 mm; Grota Funda, 216 mm; Laranjeiras, 207 mm; São Cristóvão, 207 mm; e Sumaré, 300 mm.

Fonte: Redação Terra
publicidade