1 evento ao vivo

A favor de protestos, ação na web pede uso de panos brancos em janelas

14 jun 2013
17h57
atualizado às 18h26
  • separator
  • comentários

Uma ação criada no Facebook propõe o uso de panos brancos nas janelas às pessoas que são favoráveis aos protestos contra o aumento da tarifa do transporte público que têm acontecido em várias cidades do País.

Evento criado no Facebook sugere uso de panos brancos nas janelas
Evento criado no Facebook sugere uso de panos brancos nas janelas
Foto: Facebook / Reprodução

Intitulada “Vem pra janela!” , a página já possuía, até o início da noite desta sexta-feira, mais de 7 mil confirmações de participação. “Vista sua janela de branco e mostre pra todo mundo que você apoia o movimento a favor do transporte público de qualidade, e é contra o aumento da tarifa”, diz a mensagem na página.

O criador do evento justifica a ação após ter notado que muitas pessoas que se posicionam favoráveis às manifestações têm medo de sair às ruas. “Precisávamos de um símbolo para que todas elas também pudessem mostrar seu apoio. Panos nas janelas? Lençóis pendurados nos prédios poderiam demonstrar ao governo o tamanho desse movimento. Bora cobrir a cidade com panos brancos?”, sugere o movimento.

A ação pede ainda que para que os participantes postem as fotos em seus murais na rede social utilizando a hashtag #VEMPRAJANELA. “Vamos apoiar nossos irmãos que estão dando a cara pra bater e mostrar que eles não estão sozinhos”, diz o texto.

Cenas de guerra nos protestos em SP
A cidade de São Paulo enfrenta protestos contra o aumento na tarifa do transporte público desde o dia 6 de junho. Manifestantes e policiais entraram em confronto em diferentes ocasiões e ruas do centro se transformaram em verdadeiros cenários de guerra. Enquanto policiais usavam bombas e tiros de bala de borracha, manifestantes respondiam com pedras e rojões.

Segundo a administração pública, em quatro dias de manifestações mais de 250 pessoas foram presas, muitas sob acusação de depredação de patrimônio público e formação de quadrilha. No dia 13 de junho , vários jornalistas que cobriam o protesto foram detidos, ameaçados ou agredidos.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade