publicidade
08 de novembro de 2013 • 16h41 • atualizado às 17h21

Vivo, homem é encontrado enterrado em cemitério de São Paulo

Vídeo mostra resgate de 'enterrado vivo' em cemitério de SPClique no link para iniciar o vídeo
Vídeo mostra resgate de "enterrado vivo" em cemitério de SP
 

Um homem foi encontrado enterrado vivo em um túmulo na quadra 12 do cemitério municipal de Ferraz de Vasconcelos, na região metropolitana de São Paulo. O caso ocorreu no último dia 1º, mas veio à tona depois que um vídeo registrando o resgate do homem ganhou notoriedade no Youtube e nas redes sociais. O fato foi noticiado até mesmo pelo jornal britânico Daily Mail. 

Segundo a administradora do velório do cemitério municipal Parque do Cambiri, Renata Soares, o fato ocorreu por volta das 7h20 da sexta-feira (1º), véspera do feriado de Finados. Uma mulher que cuidava do túmulo de um parente observou a movimentação em uma cova próxima e se desesperou. “Ela saiu correndo, gritando. Não é normal”, disse. 

De acordo com a administradora, após ser avistado pela mulher, o homem, identificado apenas como Clóvis, foi atendido por funcionários do cemitério, que chamaram a polícia. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi encaminhada ao local para o resgate. 

Resgatado pelo Samu, Clóvis foi encaminhado ao hospital regional de Ferraz de Vasconcelos. Ele deu entrada no local consciente, mas um pouco confuso, de acordo com a assessoria da Secretaria Estadual de Saúde paulista. Ele passou por avaliação clínica e psicológica e, após ser medicado, foi liberado no mesmo dia. 

De acordo com a prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, baseado em informações preliminares, Clóvis teria se envolvido em uma briga na cidade de Mauá, na região do ABCD, na noite de quinta-feira. 

Durante a briga, segundo a prefeitura, Clóvis teria sido vítima de uma tentativa de homicídio. A polícia ainda apura detalhes sobre essa ocorrência. 

Segundo a Polícia Civil, nenhum boletim de ocorrência foi registrado e, por isso, o homem não é investigado pela invasão do local. 

De acordo com a administração do cemitério, Clóvis foi enterrado em uma cova que havia sido aberta para a exumação de um corpo, por conta de um enterro que aconteceria na sexta-feira. Após a retirada do homem, o enterro foi feito, às 16h da sexta-feira. 

Em nota, a prefeitura da cidade afirmou que a Secretaria Municipal de Segurança reforçou a segurança em todas as entradas do cemitério, e que guardas civis municipais que estavam de plantão na madrugada de sexta-feira estão sendo ouvidos. 

Terra