Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões
Caso Richthofen
Terça, 6 de junho de 2006, 07h20  Atualizada às 07h34
Advogado de Suzane é "príncipe" em anular júris, diz promotor
 
 Últimas de Caso Richthofen
» Advogado de Suzane quer transferência de Ribeirão
» Suzane diz ter recebido ameaça de morte na prisão
» Suzane presta depoimento em Ribeirão Preto
» "Plano de emergência" pode dobrar jornada nos aeroportos
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O promotor Nadir de Campos, que atua na acusação contra Suzane von Richthofen e os irmãos Christian e Daniel Cravinhos, que confessaram ter matado os pais dela, o advogado de Suzane Mauro Otávio Nacif é conhecido como "príncipe das nulidades" no meio jurídico, pela habilidade em impedir a realização de júris ou anulá-los. "Não uso meus conhecimentos para melar julgamentos", rebateu Nacif, segundo relata nesta terça-feira o jornal O Estado de S. Paulo.

» Veja as imagens do caso Richthofen
» Fórum: opine sobre a decisão

Sobre o adiamento da sessão de ontem, Nacif garantiu que não sabia que a testemunha Cláudia Sorge, considerada por ele imprescindível, não iria ao fórum. A informação está no processo desde maio. "Entrei no caso agora", justificou.

Orgulhoso
Nacif disse ontem que ficou orgulhoso com o adiamento do julgamento de sua cliente, Suzane von Richthofen, acusada de participar do assassinato dos pais. Ela teria ficado "contentíssima" com a decisão de transferir o júri para julho.

Conforme o Estado, antes da sessão, Nacif criticou a atenção que o caso está recebendo da imprensa. Na sua opinião, isto vem ocorrendo "porque tem mulher bonita" envolvida. Para ele, "Suzane é mais bonita que a modelo Ana Hickmann".


 

Redação Terra