0

Bomba deixa feridos no Centro de SP após Parada Gay

14 jun 2009
23h40
atualizado em 15/6/2009 às 14h44

A explosão de uma bomba feriu diversas pessoas que voltavam da Parada Gay na noite deste domingo no cruzamento da avenida Vieira de Carvalho com a rua Vitória, em Campos Elíseos, no Centro de São Paulo. Segundo informações da Polícia Militar (PM), aproximadamente 20 pessoas foram atingidas, mas nenhuma teve ferimentos graves.

O socorro aos atingidos foi feito por pessoas que passavam pelo local e por equipes do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Até as 9h30 desta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo não havia confirmado o número exato de feridos.

A PM informou que a detonação do artefato atingiu as pessoas nas pernas. A maioria dos feridos foi encaminhada à Santa Casa e alguns foram a prontos-socorros da região, segundo a corporação.

A explosão ocorreu às 21h40, de acordo com informações fornecidas por vítimas e testemunhas à Polícia Civil. A bomba, que seria de fabricação caseira, estava em uma sacola plástica que caiu na rua, provocando um clarão e uma explosão. As vítimas disseram que foram atingidas por estilhaços de canos de PVC e de vidro.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), algumas testemunhas informaram que a bomba pode ter sido arremessada de um prédio residencial. Treze pessoas registraram queixa no 3º Distrito Policial (DP), de Campos Elíseos. Ainda segundo a SSP, outras pessoas devem comparecer à delegacia para dar esclarecimentos, mas algumas já informaram que não querem registrar formalmente a ocorrência.

Por volta das 23h30, viaturas da PM permaneciam na região da explosão - na esquina da rua Doutor Vieira de Carvalho e a rua Vitória, isolando o local que vai passar por uma perícia para determinar a composição da bomba e se ela estava no chão ou foi jogada de algum edifício.

Fonte: Redação Terra
publicidade