6 eventos ao vivo

Anvisa proíbe suplemento alimentar Oxielite Pro

10 jul 2012
16h13
atualizado às 16h23

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu, nesta terça-feira, a distribuição do suplemento alimentar Oxielite Pro. A medida também impede a divulgação, o comércio e o uso do produto.

O órgão baseou sua decisão no fato de o produto ser fabricado por uma empresa desconhecida e por conter a substância dimethylamylamine (DMAA), proscrita no Brasil desde a última terça-feira. O componente é utilizado para aumentar o rendimento físico e auxiliar no emagrecimento.

Em sua nota, a Anvisa chamou atenção para os riscos causados pelo uso de suplementos alimentares sem a devida orientação médica. "Os agravos à saúde humana podem englobar efeitos tóxicos, em especial no fígado, disfunções metabólicas, danos cardiovasculares, alterações do sistema nervoso e, em alguns casos, levar até a morte", alertou a agência.

O site da Anvisa traz uma lista com tópicos que auxiliam o consumidor a evitar suplementos que não estão regularizados no Brasil.

Agência Brasil Agência Brasil
publicidade