3 eventos ao vivo

Anvisa alerta sobre risco de xarope infantil sem registro no Brasil

De acordo com a agência, medicamento vendido no Paraguai pode levar a óbito

27 set 2013
19h49
atualizado às 20h00
  • separator
  • comentários

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta nesta sexta-feira para o risco de consumo de um xarope infantil com princípio ativo Dextrometorfano. O medicamento é fabricado no Paraguai, não tem registro no Brasil e, de acordo com a Anvisa, “está provocando efeitos adversos”.

De acordo com a agência, o xarope é encontrado no Paraguai com os nomes comerciais de Mentovick, Tegnogrip Plus, Tegnogrip, Medibron, Bronolex e Bronolar.

A Anvisa informou que houve registros de reações adversas ao medicamento no Paraguai e na região de fronteira de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, no Mato Grosso do Sul.

Os efeitos colaterais provocados pelo medicamento são falta de ar, insuficiência respiratória e sonolência. De acordo com a Anvisa, o xarope pode levar a coma e óbito.

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Saúde do Paraguai, os medicamentos estão proibidos de serem comercializados no país. As crianças que ingeriram o medicamento devem ser levadas a uma unidade de saúde.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade