PUBLICIDADE

Anac aumenta efetivo nos aeroportos nas sedes Copa das Confederações

11 jun 2013 15h07
| atualizado às 15h26
ver comentários
Publicidade
Agentes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) realizaram vistoria no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira. O aeroporto receberá um grande fluxo de passageiros devido a Copa das Confederações que começa no sábado
Agentes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) realizaram vistoria no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira. O aeroporto receberá um grande fluxo de passageiros devido a Copa das Confederações que começa no sábado
Foto: Ale Silva / Futura Press

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vai disponibilizar 220 servidores extras para atender a demanda de passageiros nos aeroportos das cidades-sede, durante a Copa das Confederações, que começa neste sábado. O anúncio foi feito pelo diretor-presidente da Anac, Marcelo Guaranys, durante visita na manhã desta terça-feira ao aeroporto internacional do Galeão - Antônio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro.

Leia mais sobre as medidas de segurança para a Copa das Confederações
Com só 1 jogo, DF aposta em blindados e vants para dar exemplo de segurança
Temendo violência, Fortaleza reforma delegacias e pede ajuda do Exército
Contra o terrorismo, Recife usa robô antibombas e químicos
Com 149 homicídios em 1 mês, Salvador ainda não definiu segurança
Belo Horizonte usa Blackhawks e caças e restringe espaço aéreo

"Temos fiscais nos grandes aeroportos, alguns com postos 24 horas, mas vamos reforçar toda essa equipe nos 10 aeroportos impactados pela Copa das Confederações. A operação começa no dia 13 e vai até o dia 2 de julho", explicou Guaranys ao informar que atualmente cada aeroporto conta com cerca de cinco a 10 servidores, dependendo do tamanho do terminal.

De acordo com Guaranys, os aeroportos visitados pela Anac até agora estão com as estruturas de serviços disponíveis para o público, apesar de a maioria estar em obras de infraestrutura. "Por onde passamos, verificamos que mesmo com as obras, as empresas estão com balcões estruturados para receber um eventual aumento de fluxo", declarou.

A Anac já inspecionou os aeroportos Santos Dumont, no Rio de Janeiro, o de Guarulhos, Viracopos, em Campinas; do Recife, de Salvador e Fortaleza. Amanhã fiscais farão inspeção em Brasília.

Em relação ao aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro, que teve problemas com falta de energia elétrica na semana passada, o diretor da Anac explicou que a Infraero e a concessionária Light estão trabalhando para que não haja mais queda de energia no local.

Na manhã de hoje, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) inaugurou 12 banheiros nos setores de desembarque A e B do aeroporto. Agora o Santos Dumont conta com 17 sanitários, incluindo dois para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Ao todo, R$ 288 mil foram investidos nessa melhoria executada com mão de obra da Infraero e de empresa terceirizada que já atua no aeroporto.

A Infraero informou que vai reforçar em 26% o efetivo de funcionários no Aeroporto Santos Dumont a partir de amanhã. 44 empregados vão trabalhar nas áreas de operação e manutenção para garantir o perfeito funcionamento de escadas rolantes, elevadores, esteiras e sistemas de ar-condicionado, assegurando fluidez nos embarques e desembarques. O efetivo da equipe de limpeza passará de 150 para 160 funcionários.

No balcão de informações serão 15 atendentes se revezando para garantir orientação aos passageiros e usuários em português, em inglês e em espanhol.

A previsão da Secretaria de Aviação Civil é de que o Rio de Janeiro receba em média 33,5 mil passageiros no Santos Dumont e no Galeão durante os três dias de jogos. Segundo a Infraero, o número está abaixo da média registrada na alta temporada de dezembro de 2012, quando a movimentação média nos dois aeroportos foi de 75,2 mil passageiros por dia.

Agência Brasil Agência Brasil
Publicidade
Publicidade