Tragédia em Congonhas

Tragédia em Congonhas

Terça, 31 de julho de 2007, 03h58 Atualizada às 05h55

Brigadeiro: não se pode crucificar os pilotos da TAM

O chefe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), brigadeiro Jorge Kersul Filho, afirmou ontem, em Brasília, que não se pode "crucificar" os pilotos pelo acidente com o Airbus A320 da TAM, que explodiu matando cerca de 200 pessoas. As informações são da Folha de S.Paulo.

» CPI ouvirá técnicos em sessão secreta
» Caixa-preta registrou últimos 30 min

"Não se pode crucificar ninguém, isso é até pecado", disse. "O que eu sempre digo é que uma hipótese é os manetes não estarem na posição correta ou o comando eletrônico do avião não ter sido correspondente." Os dados das caixas-pretas do avião teriam começado a ser analisados ontem, no Cenipa.

  • Imprima esta notícia
  • Envie esta notícia por e-mail

Busca

Busque outras notícias no Terra: